O deputado federal Eli Borges (SD), único deputado evangélico do Tocantins na Câmara dos Deputados, discursou pela primeira vez na tribuna da Casa na sessão de quinta-feira, 7. Borges, que também é pastor, iniciou agradecendo a Deus, a sua família e ao povo do Tocantins pela eleição e disse que sua atuação se pautará dentro de três níveis: em primeiro lugar a Bíblia, a ‘Constituição Celestial’; em segundo, a própria Constituição Federal e terceiro, o Regimento Interno da Casa.

Borges citou algumas das bandeiras que defenderá durante seu mandato, deixando claro que, como um servo de Deus, não cederá na luta contra o aborto e em defesa da família tradicional. “A minha base de atuação aqui é a defesa dos valores da fé“, enfatizou.

Além disso, o parlamentar também citou também que continuará sua luta contra os entraves gerados pela pesada carga tributária existente no país. “O brasileiro não pode trabalhar mais de 160 dias por ano só para pagar impostos”, pontuou Eli.