Nova sentença condena João de Deus a mais 44 anos de prisão

Pena é referente a prática de dois crimes de estupro e outros dois de estupro vulnerável que ocorreram entre 2009 e 2018

Foi publicada, nesta quinta-feira, 25, nova sentença que condena João Teixeira de Faria a mais 44 anos e 6 meses de reclusão, em regime inicialmente fechado. A sentença é do juiz Marcos Boechat, da comarca de Abadiânia.

A pena é referente a prática de dois crimes de estupro e outros dois de estupro vulnerável que ocorreram entre 2009 e 2018, envolvendo cinco vítimas. No entanto, por insuficiência de provas, foi absolvido com relação a uma delas.

A indenizações por danos morais fixadas às vítimas são de valores que variam entre R$ 20 mil a R$ 75 mil. O médium permanece em prisão domiciliar decretada em setembro deste ano e pode recorrer da nova sentença no prazo legal. Até o momento, de acordo com o G1, a defesa de João de Deus afirmou que não foi informada da condenação.

O habeas corpus para que João de Deus retornasse a prisão domiciliar, após ser preso em Anápolis, em agosto deste ano, foi concedido em setembro pelo Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO). Até então, o médium já havia sido condenado a mais de 60 anos de prisão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.