Notícia antiga do Opção é usada em montagem na qual Vecci teria desistido da pré-candidatura

Cabeçalho traz a data desta quinta-feira (15/3) em matéria da coluna Bastidores, mas número da edição, 2071, mostra que conteúdo é antigo, do jornal que circulou entre 15 a 21 de março de 2015

De acordo com sua equipe, Vecci é mais pré-candidato do que nunca e a montagem não traduz o trabalho que o deputado tem feito para disputar as eleições em outubro

De acordo com sua equipe, Vecci é mais pré-candidato do que nunca e a montagem não traduz o trabalho que o deputado tem feito para disputar as eleições em outubro

Começou a circular nas redes sociais uma montagem de uma matéria antiga do Jornal Opção, usada com a data desta terça-feira (15/3), para dizer que o deputado federal Giuseppe Vecci (PSDB) teria desistido da pré-candidatura a prefeito de Goiânia nas eleições deste ano. A notícia realmente existe, só que ela foi publicada na edição 2071, que circulou entre 15 e 21 de março de 2015, no ano passado.

De acordo com a assessoria de imprensa do deputado federal Giuseppe Vecci, sua pré-candidatura “está a todo vapor”, com “eventos constantes de pré-campanha”. Inclusive, como informou ao Jornal Opção a equipe do tucano, ele se reuniu na manhã desta terça-feira (15) em seu escritório político, na capital, antes de ir para Brasília (DF), e definiu detalhes que serão utilizados em sua campanha, como estratégias de marketing e redes sociais.

Montagem traz notícia de março de 2015 com data de 2016

Montagem traz notícia de março de 2015 com data de 2016

Coordenação geral

A reunião teria sido o início de um trabalho que já tem nomes definidos. A novidade fica pela definição de Carlos Maranhão como coordenador geral da campanha. No governo, Maranhão já ocupou cargos com o de presidente da Metrobus Transporte Coletivo S/A, responsável pelo Eixo Anhanguera.

Como divulgado pelo Jornal Opção na edição 2115, de 17 a 23 de janeiro de 2016, o marketeiro da campanha de Vecci será mesmo Marcus Vinicius Queiroz, que derrotou o colega de profissão Duda Mendonça na eleição estadual no Tocantins e ajudou a eleger Marcelo Miranda (PMDB) governador, além de contribuir na campanha da OAB Que Queremos, que tinha o candidato Lúcio Flávio de Paiva, hoje na presidência da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Goiás (OAB-GO), como candidato.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.