Nota da Simsed: “Nós erramos, Paulo Garcia assinou decreto que cria apenas um cargo e não dezenove”

O Sindicato Municipal dos Servidores da Educação de Goiânia (Simsed), por meio da assessoria de imprensa, divulgou uma nota esclarecendo o erro sobre a criação de cargos para a Câmara Municipal. Veja a nota assinada pelo secretário na íntegra:

“O Sindicato Municipal dos Servidores da Educação de Goiânia divulgou que a prefeitura de da capital havia criado 19 cargos na Câmara Municipal e que os vereadores havia aprovado por unanimidade o projeto para a estrutura administrativa da casa.

No entanto, o chefe do executivo, Paulo Garcia (PT), assinou nessa quarta-feira (12/6) o decreto que criou apenas um cargo, o de assessor de comunicação. Fomos induzidos ao erro, pois  junto o anexo da lei estava anexado uma tabela contendo dezenove cargos.

A presença da tabela no anexo do decreto era para relembrar os valores dos vencimentos e gratificações dos demais cargos do legislativo. Na verdade o decreto foi uma alteração da lei de cargos, com a inclusão do cargo de assessor de comunicação.

Nós erramos e por isso pedimos desculpas. Para o futuro seremos mais cuidados e ainda mais exigentes na conferência da informação antes de repassá-las para a imprensa.”

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.