“Nós não queremos negociar nada”, diz Bolsonaro ao participar de manifestação em Brasília

O presidente falou para dezenas de simpatizantes que se aglomeravam do lado de fora do Quartel General do Exército

Em cima da caçamba de uma caminhonete, Bolsonaro discursou contra o que chamou de velha política. | Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro participou de manifestação em Brasilia, neste domingo 19, provocando aglomerações e indo contra as recomendações de autoridades em saúde. Ele discursou para os manifestantes que são a favor de seu governo, contra o congresso e que ostentavam faixas defendendo uma intervenção militar. “Nós não queremos negociar nada” disse.

O discurso de Bolsonaro aconteceu em frente ao Quartel General do Exército e na data em que é celebrado o “Dia do Exército”. O presidente falou para dezenas de simpatizantes que se aglomeravam do lado de fora do QG, o que contraria orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e que faz parte dos esforços de combate à covid19.

O presidente  discursou aos manifestantes de cima da caçamba de uma caminhonete. “Chega da velha política. Agora é Brasil acima de tudo e Deus acima de todos”, disse. “Nós não queremos negociar nada. Nós queremos ação pelo Brasil”, continuou o presidente.

Essa foi a maior aglomeração provocada pelo presidente desde o início da adoção de medidas contra a pandemia do novo coronavírus.

Pouco depois, o presidente divulgou em uma rede social um trecho de seu discursos em que ele diz aos manifestantes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.