Nos EUA após perderem presidência do PL, Canedo e Mofatto se recusam a falar sobre a crise partidária

Flávio justificou que estão em viagem de negócios e só vão se expressar na próxima segunda-feira, 16

Após o deputado federal e pré-candidato a governador de Goiás Major Vitor Hugo assumir a presidência do diretório goiano do PL, o casal Flávio Canedo e a deputada federal Magda Mofatto se recusa a falar sobre a crise partidária.

Ao Jornal Opção, Flávio justifica que estão em viagem de negócios aos Estados Unidos e só vão se pronunciar na próxima segunda-feira, 16. “Como estamos no exterior, em viagem de negócios para tratar sobre um escritório de vendas de imóveis, nós vamos ficar em silêncio até a volta ao Brasil. Segunda-feira estamos de volta ao País”.

Canedo acrescenta que as medidas restritivas para conter a pandemia de Covid-19 atrapalharam os deslocamentos e somente agora tiveram tempo para visitar o local. “Com a pandemia, proibido de viajar para o exterior, ficou tudo abandonado. Como se está aproximando o período eleitoral, é a única semana que encaixamos para visitar a filial. Graças a Deus está tudo certo e o escritório está a todo vapor”, comemora.

Desde antes da chegada do político na sigla, a legenda já enfrentava dificuldades, com seu núcleo, comandado por Flávio Canedo e Magda Mofatto, direcionando apoio ao também pré-candidato a governador, Gustavo Mendanha (Patriota).

A liderança de Vitor Hugo é vista por alguns como uma tentativa de “apaziguar” o racha e a inconformidade dentro da legenda. Canedo entregou o comando da sigla há 20 dias ao presidente nacional da sigla, Valdemar Costa Neto, e alega que a decisão reflete as imposições de apoio ao deputado federal.

O PL tem um encontro regional já neste sábado, dia 14, às 10h da manhã. “Você que é patriota, que tem Deus no coração e que é família, você tem que estar conosco para conhecer nossos pré-candidatos e ideias”, diz Vitor Hugo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.