No Tocantins, PT defende candidatura própria e prepara a militância para a guerra eleitoral

Encontro na região de Araguatins, Araguaína e Guaraí reuniu a militância de 60 municípios

Posicionamento eleitoral de Lula tem impulsionado militância do Tocantins | Foto: Divulgação

A primeira etapa de encontros regionais do PT de Tocantins – Araguatins, Araguaína e Guaraí – , reuniu a militância de 60 municípios que reafirmaram o compromisso com as candidaturas do partido do presidenciável Lula. Os encontros, segundo os dirigentes visam organizar o partido, articular os comitês populares de luta, bem como debater as pré-candidaturas ao governo do Estado, a Assembleia Legislativa, ao Congresso Nacional.

“Só depende de nós, não vamos desistir dessa luta, não vamos desistir desse Tocantins. Vamos para o confronto das ideias porque mentira nenhuma suporta a verdade. Vamos pegar esse Tocantins como a nossa causa, a minha, a sua causa, a causa do seu filho e da sua filha, só vamos resolver os problemas do Tocantins se dermos as mãos e percebermos que somos nós que podemos promover a mudança”, tem sido a mensagem do pré-candidato petista ao governo, Paulo Mourão.

Para presidente estadual do PT, deputado Zé Roberto Lula, desde a origem o Tocantins é um Estado que sempre esteve a serviço da elite e da classe abastada, não dos trabalhadores. O parlamentar lembrou que quando o Tocantins era Norte de Goiás. 85% de pessoas eram pobres e hoje, o nível da pobreza continua o mesmo. “Por isso nós não podemos aceitar que este modelo de estado, com privilégio para poucos e prejuízo para a maioria da população continue”, destacou.

O deputado federal, Célio Moura, foi categórico ao comentar a atual situação da representação no Tocantins. “Infelizmente a nossa bancada federal no Tocantins muitas vezes nos entristece. É importante dizer que todos os outros deputados são do centrão, são bolsonaristas e todos votam contra os direitos dos trabalhadores”, destacou o deputado ao lembrar a votação do aumento de agrotóxicos, reforma trabalhista, a neutralização do Ibama, entre tantos projetos aprovados contra os interesses dos trabalhadores.

Encontros regionais

Os encontros regionais do PT tiveram início pela região do Bico do Papagaio, seguindo pela região de Araguaína e depois Guaraí. A finalidade dos encontros é organizar o Partido nos municípios para as eleições 2022, articular os Comitês Populares de Luta, bem como, debater as pré-candidaturas para o Governo do Estado, Assembleia Legislativa e Congresso Nacional.

A possibilidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula Silva (PT) voltar ao comando do país é a principal motivação do PT Tocantins que trabalha com a meta de dobrar a bancada federal, onde conta com um deputado e dobrar a bancada estadual, com dois deputados atualmente. A deputada Amália Santana também participou dos encontros.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.