No Rio de Janeiro, bebê é baleado na barriga da mãe e sobrevive

Criança foi atingida por um tiro que atravessou o tórax e feriu também uma das orelhas. Ela foi entubada e levada para Unidade de Terapia Intensiva

A gestante Claudineia dos Santos Melo, de 29 anos, teve que ser submetida a uma cesariana de emergência na noite de sexta-feira (30) depois que um tiro atingiu sua região pélvica e feriu o bebê que esperava há 39 semanas. Ela continua internada no Hospital Municipal Dr. Moacyr do Carmo, em Duque de Caxias, na região metropolitana do Rio. Em estado grave, o menino foi transferido para o Hospital Estadual Adão Pereira Nunes.

Claudineia chegou lúcida ao hospital e, segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Duque de Caxias, contou que foi atingida pelo disparo ao ir ao mercado e ser surpreendida por um tiroteio na localidade conhecida como Vila Leal, no centro do município.

No útero da mãe, o bebê foi atingido por um tiro que atravessou o tórax e feriu também uma das orelhas. Logo após nascer, ele foi entubado e levado para Unidade de Terapia Intensiva, de onde foi transferido para o hospital estadual.

De acordo com a secretaria de saúde, a transferência ocorreu para que o bebê recebesse acompanhamento de equipe médica de neurologia e outras especialidades.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.