No primeiro dia de matrícula, pais são colocados em fila de espera por vaga em CMEIs

Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) disse que somente após o término do período de confirmação de matrículas será feita análise da demanda

O período de matrículas para novos alunos dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) de Goiânia começou na última terça-feira (9/1), e com o anúncio de que 8,6 mil vagas seriam disponibilizadas para crianças de 0 a 6 anos, a expectativa dos pais era de conseguir matricular os filhos em uma unidade próxima de casa.

No entanto, a realidade não foi bem essa. Já no primeiro dia, enfrentando a instabilidade do site da prefeitura, depois de várias tentativas, muitos pais se surpreenderam ao ver que seus filhos foram colocados em uma fila de espera.

Esse foi o caso  da operadora de telemarketing,  Juliana da Silva Gomes, que é mãe do pequeno Anthony, de apenas 2 anos e 8 meses. Às 15 horas, horário em que se deu início as matrículas, ela entrou no site da prefeitura em busca de uma vaga no CMEI do Jardim Brasil.

Juliana e o filho Anthony: o menino está na fila de espera por uma vaga em CMEI | Foto: Arquivo pessoal

Depois de horas de tentativas, ela finalmente conseguiu concluir o cadastro de Anthony. No entanto, o filho acabou na fila de espera do CMEI do Setor Água Branca, que fica mais longe da casa dela.

“Eu vim de Fortaleza pra cá, moro de aluguel e sem conseguir uma vaga pro meu filho, eu não consigo nem trabalhar”, desabafou.

Eliane Alcântara, que tentava fazer o cadastro no site para a filha de uma vizinha, conta que ficou das 15 horas até meia noite para conseguir fazer a inscrição. Mas tudo que conseguiu também foi colocar a menina na fila de espera.

Jornal Opção entrou em contato com a Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME). Por meio de nota, a SME informou que o ano passado terminou com a média de 7 mil crianças na fila de espera. No entanto, somente após o término do período de confirmação de matrículas (17/01 a 21/01) será feita análise da demanda manifesta deste ano e vagas que não forem ocupadas ficarão disponíveis no sistema.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.