No Ceará, criança nasce com cauda de 12 centímetros e uma bola na ponta

Caso ocorreu em 2020 e foi publicado em março deste ano pelo Journal of Pediatric Surgery Case Reports. Causa seria alteração na regressão da cauda embrionária

Criança nasceu com cauda de 12 cm e uma bola na ponta. | Foto: Journal of Pediatric Surgery Case Reports/Reprodução

Uma criança, prematura de oito meses, nasceu com uma cauda de 12 centímetro e uma bola ponta, em 2020, no Ceará. O caso é considerado raríssimo, já que só foi registrado por 40 vezes na literatura científica internacional.

A anomalia foi divulgada em março deste ano pelo Journal of Pediatric Surgery Case Reports. Segundo a Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa), a formação da cauda ocorreu devido uma alteração na regressão da causa embrionária. Não existe etiologia definida para esse tipo de ocorrência.

Por não haver comprometimento neurológico, como nervos ou ossos, foi realizada uma cirurgia para retirada da cauda sem maior complexidade. O procedimento foi feito uma semana após entrada do paciente no Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS).

Os autores do artigo publicado explicam que caudas humanas são anomalias raras. Essas partes são descritas como protuberâncias cobertas de pele e localizadas no meio da parte inferior da coluna vertebral. Apesar da mãe ter afirmado fumar cerca de 10 cigarros por dia durante a gestação, não houve relação entre o hábito e o crescimento da cauda.

Com informações do G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.