No BNDES, Marconi busca mais R$ 1 bilhão para programa “Goiás na Frente”

Na cidade de Mimoso, Marconi Perillo afirmou que acredita na liberação do dinheiro pelo BNDS para mais obras no Estado

Governador Marconi Perillo na cidade de Mimoso

Na cidade de Mimoso, na manhã desta quarta-feira (14/6), o governador Marconi Perillo anunciou estar articulando junto ao BNDES a liberação de mais um expressivo volume de recursos para ser aplicado em projetos constantes do programa “Goiás na Frente”.

“Hoje tomei café da manhã em Brasília com o presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro. Pedi a ele mais R$ 1 bilhão para aumentarmos o caixa do “Goiás na Frente”. Estou confiante que vou conseguir ampliar ainda mais as nossas obras em todas as regiões”, informou.

O governador agradeceu os 85% dos votos que obteve de Mimoso de Goiás em sua quarta eleição para o governo: “Este carinho, consideração e confiança do povo de Mimoso só fazem aumentar a minha responsabilidade em não descuidar dos interesses desse município pelo qual tenho profunda gratidão e respeito”.

O governador aproveitou a concentração com a população de Mimoso para alertar os prefeitos da necessidade de serem ágeis na escrituração de terrenos que abrigarão novos conjuntos habitacionais dentro do programa do Governo de Goiás de construir 30 mil novas moradias até o final do ano que vem. “Nós do governo e a Caixa Econômica Federal já dispomos dos recursos. Só precisamos que os terrenos estejam legais para iniciarmos as obras”, garantiu.

Ele disse ainda estar ciente da importância do programa “Goiás na Frente” para todos os prefeitos, diante da escassez de recursos que ronda as administrações públicas.

“Tenho consciência plena de que, se não fosse essa ajuda, muitos prefeitos estariam com muitas dificuldades. Estamos tirando recursos dos cofres do governo que poderiam ser investidos em obras sob nossa responsabilidade para ajudarmos os prefeitos”, declarou.

Para o governador, “isso, sim, é municipalismo, republicanismo, é o governo ser de todos, sem distinção, sem politicagem”. E completou: “É por isso que Deus me deu a chance de ser governador quatro vezes. Estou terminando mais este mandato com a mesma energia que tinha quando comecei na administração com 35 anos de idade. Minha vontade de trabalhar por Goiás só aumenta. Enquanto eu for governador, lutarei por Goiás com ânimo cada vez mais renovado”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.