Nelto diz que governo atrasa salários e plateia rebate: “Governador não é do MDB não”

Líder da oposição na Assembleia, deputado emedebista discursa contra gestão Marconi Perillo (PSDB), mas é vaiado constantemente

José Nelto discursa durante abertura dos trabalhos | Foto: Fernando Leite

O deputado estadual José Nelto (MDB) discursa em nome da oposição durante a abertura do ano legislativo da Assembleia de Goiás e tem recebido muitas vaias dos presentes na sessão desta quinta-feira (15/2).

Ao falar do pagamento do funcionalismo público, o parlamentar acusou o governador Marconi Perillo (PSDB) de atrasar salários dos servidores.

No entanto, populares gritaram da galeria: “O governador não é do MDB, não” e “Ele não é Iris não”, em referência ao prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB) — famoso por ter atrasado salário do funcionalismo quando esteve à frente do governo.

Nelto atacou o programa “Goiás na Frente”, a privatização da Celg-D, a gestão da Saneago, as contas estaduais e até mesmo as organizações sociais na Saúde e Educação. Durante toda a fala recebeu vaias, acompanhadas de gritos como “fala dos Cais de Goiânia”, “Fala do puxadinho de Iris Rezende”, “fala de Goiânia”.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.