Nelto diz que governo atrasa salários e plateia rebate: “Governador não é do MDB não”

Líder da oposição na Assembleia, deputado emedebista discursa contra gestão Marconi Perillo (PSDB), mas é vaiado constantemente

José Nelto discursa durante abertura dos trabalhos | Foto: Fernando Leite

O deputado estadual José Nelto (MDB) discursa em nome da oposição durante a abertura do ano legislativo da Assembleia de Goiás e tem recebido muitas vaias dos presentes na sessão desta quinta-feira (15/2).

Ao falar do pagamento do funcionalismo público, o parlamentar acusou o governador Marconi Perillo (PSDB) de atrasar salários dos servidores.

No entanto, populares gritaram da galeria: “O governador não é do MDB, não” e “Ele não é Iris não”, em referência ao prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB) — famoso por ter atrasado salário do funcionalismo quando esteve à frente do governo.

Nelto atacou o programa “Goiás na Frente”, a privatização da Celg-D, a gestão da Saneago, as contas estaduais e até mesmo as organizações sociais na Saúde e Educação. Durante toda a fala recebeu vaias, acompanhadas de gritos como “fala dos Cais de Goiânia”, “Fala do puxadinho de Iris Rezende”, “fala de Goiânia”.

Deixe um comentário