“Natal de Coração atendeu mais de 50 mil pessoas em 22 dias”, diz primeira-dama Vivian Naves

Em sua segunda edição, festa de fim de ano foi iniciada no dia 19 de novembro na Praça Bom Jesus e será encerrada na noite de sexta-feira, 21

Primeira-dama de Anápolis, Vivian Naves destaca importância dos projetos Natal de Coração Arraiana entre as ações sociais da prefeitura | Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

Em sua segunda edição, o Natal de Coração chega aos últimos três dias de festa nesta quarta-feira, 19, quinta, 20 e será encerrado na noite de sexta, 21. Hoje os anapolinos poderão acompanhar as atividades Casa Hip Hop às 19 horas, Roberto Brener e o Coral Viver é Cantar às 19h30 na Praça da Igreja Matriz, na Vila São Vicente. Iniciada no dia 19 de novembro, serão 25 dias de atividades até a última data do Natal de Coração, realizado pela Prefeitura de Anápolis. A entrada é gratuita.

Na quinta-feira, o Natal de Coração será realizado no distrito de Bramápolis, em frente à Escola Municipal Wady Cecílio, a partir das 19 horas. Estão confirmadas as apresentações do Ballet da Escola de Dança e da Banda Lira de Prata de Santana. Em seu encerramento, na sexta, as atividades do projeto natalino chegam à quadra esportiva do Conjunto Filostro Machado, quando o Coral e Orquestra Criar e Tocar sobem ao palco às 19 horas.

Criada na gestão Roberto Naves (PTB), o Natal de Coração é uma ação de fim de ano da Prefeitura de Anápolis acompanhada de perto pela primeira-dama Vivian Naves. Entre 19 de novembro e 18 de dezembro, o projeto atendeu mais de 50 mil pessoas. De acordo com Vivian, o Natal de Coração superou em 2018 a edição anterior, quando as atividades chegaram a 15 bairros anapolinos, com 25 setores incluídos nas datas festivas que antecipam o Natal. O distrito de Bramápolis, que recebe as atividades na quinta, é um exemplo de que a intenção é “abraçar toda a cidade e descentralizar o espírito natalino”, que antigamente ficava concentrado na decoração de Natal instalada na Praça Bom Jesus.

“Ao levar o Natal de Coração para outros endereços de Anápolis, nós conseguimos abraçar até cinco bairros em cada noite”, descreve a primeira-dama. Vivian diz que a festa é garantida com a chegada do Papai Noel, que traz algodão-doce e pipoca para as crianças, além de balões e todo o espírito natalino às diversas regiões de Anápolis. “No Natal de Coração as figuram que menos se sobressaem são as do prefeito e da primeira-dama. Nós vamos para chamar o Papai Noel. Mas quem comanda a festa é a população”, destaca Vivian em entrevista ao Jornal Opção.

Para Vivian, o mais importante é fazer com que o Natal possa chegar à população anapolina que não tem condições de ir até a Praça Bom Jesus, no Centro da cidade, e dar a oportunidade de todos viverem um pouco do espírito natalino. “Não tem nenhum cunho político”, garante a primeira-dama. “É contagiante. Vemos a alegria no rosto das crianças e adultos. Muitas pessoas chegam e relatam que é a única chance que têm de ver o Papai Noel.” Isso fica ainda mais evidente quando a festa chega a um distrito distante 20 quilômetros da cidade de Anápolis: “Dificilmente uma criança tem condição de vir até o Centro”.

Entrega de presentes
Em parceria com a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), a Prefeitura de Anápolis entregou mais de 17 mil brinquedos às crianças para o Natal de 2018. Carrinhos, bonecas, quebra-cabeças, joguinhos de chá, bolas de vôlei, futebol e outros brinquedos foram doados pela OVG, que faz a distribuição junto com a gestão municipal, que fica responsável por transportar as crianças para os eventos de entrega, como o realizado na sexta-feira, 7, no Ginásio Internacional Newton de Faria.

“Como sabemos que é difícil para muitas pessoas virem até o ginásio, até mesmo os nossos ônibus não conseguem trazer todo mundo, nós vamos aos distritos e bairros mais distantes com os presentes”, lembra. Além do transporte e realização de deslocamento para fazer a entrega dos brinquedos no período próximo ao Natal, a prefeitura fornece o lanche servido às crianças. Uma dessas ocasiões se deu na Associação Moriá, no Bairro da Lapa, que recebem 104 crianças e adolescentes. “Nós atendemos todas as instituições de Anápolis. Todos os pedidos que chegaram na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social foram atendidos.”

A primeira-dama fez questão de agradecer a quantidade de voluntários que têm ajudado a realizar as ações festivas em Anápolis. “Temos milhares de funcionários da prefeitura ajudando no Natal de Coração.” Vivian informa que uma empresa foi contratada por meio de edital de chamamento realizado pela gestão municipal, mas que os servidores fazem questão de atender o grande público que participa das atividades do projeto natalino.

“No Arraiana também foi assim. Você vê na rede social as postagens de felicidade dos funcionários em participar de forma voluntárias das festividades.” Para Vivian, parte do sucesso dos projetos Arraiana, realizado no aniversário de Anápolis – 31 de julho -, e Natal de Coração vem do sorriso no rosto dos voluntários. “Há um engajamento muito grande dentro da prefeitura”, agradece.

Das ações previstas para 2019, Vivian Naves diz que o Portal do Voluntariado ajudará os voluntários da cidade a encontrar instituições filantrópicas em Anápolis | Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

Arraiana
A única diferença entre a primeira edição do Arraiana, festa realizada pela prefeitura no aniversário de Anápolis, e o Natal de Coração, é que no Arraiana era pedida a doação de um quilo de alimento não perecível em troca do ingresso. “Nós distribuímos mais de 80 toneladas de alimentos durante o Arraiana para as instituições filantrópicas – cada uma teve sua barraca na festa durante os cinco dias do evento. Acreditamos que foi a maior festa do Estado.”

O circuito das corridas de rua realizou em 2018 oito etapas. Em cada uma delas, o atleta se inscreve e participa. “O que fizemos, e foi uma ideia do prefeito, foi pedir um quilo de alimento para a realizar a inscrição.” Como cada etapa tem, em média, 5 mil participantes, a prefeitura arrecadou mais de 35 toneladas de comida, que foi doada.

“Quando assumimos a gestão, percebemos que todas as instituições eram ajudadas de uma maneira informal. Não havia acordos firmados. Legalizamos tudo através da Lei Federal 13.019/2014 [estabelece o regime jurídico das parcerias entre a administração pública e as organizações da sociedade civil em regime de mútua cooperação para finalidades de interesse público] por acordo ou termo de cooperação. Fizemos isso para instituições de crianças, abrigos de idosos e para pessoas em tratamento de saúde. Temos formalizados convênios com todas as instituições e os repasses financeiros são feitos todo mês.”

Essa mudança na relação da prefeitura com as instituições filantrópicas foi “um grande avanço para a cidade”, defende a primeira-dama. Segundo Vivian, a antiga prática de gostar de determinada instituição para fazer repasses foi substituída pela abertura de edital, com verificação das condições de concorrência e situação documental da entidade, para aprovação do processo de convênio.

O contato com as entidade religiosas e igrejas da cidade é feita por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho, Emprego e Renda, do prefeito Roberto Naves, da primeira-dama e do vice-prefeito Márcio Cândido (PSD), que mantêm contato constante com seus representantes e fiéis. “Brincamos que o prefeito é católico e o vice-prefeito é evangélico. Então nós fazemos o meio de campo para abraçar os católicos e o vice-prefeito abraça os evangélicos.” Vivian diz que a equipe da prefeitura tem uma parceria muito grande com todos. “Eles entendem que é para o desenvolvimento da cidade e que temos de trabalhar juntos.”

Novos projetos
Para a primeira-dama, as obras do Centro Dia do Idoso, um espaço de mais de 340 metros quadrados de convivência e acolhida de idosos em Anápolis, será a primeira ação de 2019. Com valor orçado em R$ 784 mil para construção, ordem de serviço assinada e licitações concluídas no início de dezembro, a obra tem previsão de conclusão em seis meses. Proposta da falecida ex-vereadora Vilma Rodrigues (PSC), será uma estrutura para receber os idosos no período em que o familiar estiver no trabalho, com oferta de diferentes atividades

Outra ação prevista para 2019 é o Portal do Voluntariado. De acordo com Vivian, a página será usada para unir voluntários e instituições filantrópicas. “Precisamos fazer o elo entre as duas pontas. Há voluntários demais em Anápolis, as pessoas querem ajudar, mas às vezes não sabem a forma de ajudar”, explica a primeira-dama. Em desenvolvimento, o Portal do Voluntário deve entrar no ar até o mês de março.

Da pasta de Desenvolvimento Social, Trabalho, Emprego e Renda surgiu o Espaço de Oportunidade. “A prefeitura sabe que muitos trabalhadores precisam de qualificação e vamos oferecer cursos direcionados ao mercado de trabalho.” De acordo com a primeira-dama, a secretaria verificará a demanda, por exemplo, de uma indústria química, oferecerá o curso de capacitação profissional e encaminhar o profissional à empresa que tem a vaga de trabalho aberta.

“A crise é geral, mas a gestão Roberto Naves tem feito um trabalho grande nessa área e tem corrido tudo bem. Nunca atrasou salário, temos conseguido dar andamento a todos os projetos.” Mesmo em um período de recursos escassos, Vivan garante que a prefeitura prioriza os projetos sociais. “O prefeito tem uma visão de que o social é para ser atendido de qualquer forma, que é onde conseguimos chegar até a população que precisa. O trabalho está seguindo. Graças a Deus a gente tem enfrentado a crise e superado todos os problemas.”

Grande parte das ações da primeira-dama são realizadas em conjunto com a secretária Eerizania Lobo (Desenvolvimento Social). E Vivian garante que a relação é próxima e as duas se dedicam às ações sociais com muito carinho. “A secretária é uma pessoa que tem um conhecimento técnico de mais de 23 anos trabalhando na área social. Nosso convívio é grande. Qualquer agendamento que Eerizania faz eu participo.”

Esperança
Vivian diz depositar bastante confiança em 2019. “Acho que é o desejo de todo brasileiro. Estamos com uma esperança muito grande de que o ano que vem as coisas vão melhorar com os novos governos estadual e federal. Vamos superar a crise e conseguir caminhar”, deseja a primeira-dama.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.