Nascidos em julho podem sacar auxílio emergencial 2021, a partir desta segunda

Até o momento, os valores só podiam ser movimentados por meio do Caixa Tem, para o pagamento de contas domésticas, boletos, compras virtuais e por QR code; este ano, benefício prevê parcelas que variam entre R$ 150 e R$ 375

Aplicativo CaixaTem. | Foto: Divulgação

Trabalhadores que tiveram auxílio emergencial 2021 aprovado e forem nascidos em julho podem sacar, a partir desta segunda-feira, a primeira parcela do benefício. O dinheiro foi depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 20 de abril. Além do saque, o usuário também pode realizar transferências dos valores para contas correntes.

Até o momento, o dinheiro só podia ser movimentado por meio do Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), boletos, além de compras em lojas virtuais ou realizadas via código QR em maquininhas de estabelecimentos parceiros.

Auxílio Emergencial

Criado em abril de 2020, o benefício visa atender pessoas vulneráveis impactadas pela crise sanitária da Covid-19. No ano passado, foram pagas cinco parcelas de R$ 600 e R$ 1200 – para mães chefes de família – e, após a extensão do auxílio até dezembro, quatro parcelas de R$ 300 e R$ 600.

Em 2021, após a aprovação de uma nova rodada de pagamentos, estão previstas parcelas de R$ 150, R$ 250 e R$ 375, a depender do perfil dos credenciados. As famílias, no geral, devem receber R$ 250, quem mora sozinho R$150 e mulheres chefes de famílias R$ 375.

Segundo o regulamento do auxílio emergencial 2021, o valor será pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo.

Para receber o dinheiro, o beneficiário precisa ter sido considerável elegível ao auxílio até o mês de dezembro de 2020, pois não há nova fase de inscrições.

Já quem recebe o Bolsa Família, vale a regra do valor maior, seja a parcela paga no programa social, seja a do auxílio emergencial.

No caso de dúvidas quanto ao auxílio, o beneficiário pode consultar o site da Caixa ou contatar a central telefônica por meio do número 111, de sete da manhã às dez da noite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.