Goiânia registra 10 homicídios nas últimas 12 horas

As autoridades policiais acreditam que os crimes tem ligação com tráfico e uso de drogas

Nas últimas 12 horas a Polícia Militar (PM) registrou 10 homicídios na capital. Os crimes aconteceram na noite desse domingo e na madrugada desta segunda-feira (16/6). No final da semana passada a Polícia Civil registrou 18 assassinatos na Grande Goiânia em menos de 24 horas.

No Jardim Curitiba 4, dois motociclistas passaram em frente a um bar e atiraram contra quatro pessoas. Três morreram no local e a outra vítima foi encaminhada para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) e não corre risco de morrer.

Segundo a PM, outro crime aconteceu no Centro. A jovem T.C.S., de 17 anos estava indo para a igreja com o marido, quando um homem desceu de uma motocicleta preta e disparou contra o peito da vítima, que estava grávida de cinco meses. O companheiro dela tem oito passagens pela polícia.

No Bairro Goyá uma jovem de 13 anos foi morta a tiros enquanto conversava com uma amiga na Praça da Bandeira. T.R.C. foi atingida nas costas e depois de atirar, o suspeito mandou a amiga da vítima correr, fugindo em seguida em uma motocicleta vermelha.

Os outros homicídios aconteceram no Jardim Colorado, Vila Mutirão, Jardim das Aroeiras, Bairro São Carlos e Jardim Curitiba. O porta-voz da PM, coronel Divino Alves, acentua que os crimes têm ligação com o tráfico e uso de drogas.

Segundo dados do Conselho Cidadão pela Seguridade Social Pública e Justiça Penal, Goiânia está entre as 30 cidades mais violentas do mundo. Apenas nos quatro primeiros meses deste ano 185 homicídios foram registrados na cidade.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.