“Não tenho mais nada a declarar sobre o PSDB”, diz deputado sobre fusão da sigla

O deputado federal Fábio Sousa disse que foi preciso perder uma eleição para entender que precisava deixar o partido

Deputado federal Fábio Sousa | Foto: Zeca Ribeiro/ Agência Câmara

O PSDB registrou em 2018 o pior desempenho eleitoral de sua história. Além de perder a eleição presidencial, ficou sem 20 cadeiras na Câmara. Ao comentar uma proposta do secretário-geral do partido e deputado estadual por Minas Gerais, Marcus Pestana, do PSDB realizar uma fusão com outras siglas para disputar as próximas eleições, o deputado federal Fábio Sousa (PSDB-GO) disse que não tem mais nada a declarar.

“Eu não sofro desse mesmo amor que o Pestana tem pelo PSDB. Acho que o partido errou muito e passou uma grande vergonha, Eu precisei perder uma eleição para entender que preciso deixar esse partido”, desabafou o parlamentar que não conseguiu a reeleição, em 2018.

Porém, Fábio afirma que não está em tratativas com nenhum outro partido. “Vou ficar um ano em ‘stand by’, dando aula e cuidando da minha vida. Depois disso, eu vejo o que vou fazer”, declarou o deputado.

Fusão

A iniciativa será apresentada por Pestana à direção executiva da sigla. A ideia, de acordo com ele, é que em maio os tucanos renovem o comando partidário e em seguida iniciem o processo. O deputado cita quatro siglas para a possível fusão: PPS, PSD, PV e DEM. Para ele, ainda é cedo para afirmar qual seria o modelo de fusão e a autonomia que cada partido dentro da nova legenda.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Claudino Nobrega

Acho que com o DEM daria certo, pois criariam o PEDEM ou PERDEM. Já temos o PODEMOS ou PEDIMOS, porque não!?