“Não podem penalizar crianças”, diz Caiado sobre greve da Educação

Governador disse que conta com compreensão da categoria para não dar continuidade à paralisação

Foto: Fernando Leite/JornalOpção

Em coletiva realizada na manhã desta quarta-feira, 3, o governador Ronaldo Caiado (DEM) disse que conta com a compreensão da Educação do Estado para não dar continuidade a greve. Segundo ele, o governo pagou o mês de março a 92% dos professores.

Ainda de acordo com o democrata, em relação à folha de dezembro, da dívida de R$ 380 milhões, R$ 287 mi foram quitados. Ele ainda ressaltou que a Educação foi contemplada na primeira parcela do escalonamento, paga na sexta-feira, 29. “A categoria é quem menos tem a receber atualmente”, disse.

“Não podem penalizar as crianças, seria uma perda enorme neste ano”, disse. Para ele, as reivindicações não justificam a greve. “Afinal, a polícia militar, a polícia civil, o corpo de bombeiros e os agentes penitenciários também tem salário a receber”, exemplificou.

Previsão

Além disso, perguntado se haveria uma previsão para quitar todos os débitos com os servidores, Caiado disse que não. “Conforme arrecadarmos, nós pagamos”, explicou.

Em Assembleia realizada na segunda-feira, 1º, os servidores da Educação decidiram por deflagrar uma greve a partir desta quarta, 3. As reivindicações vão desde os salários de março e dezembro até o pagamento retroativo do auxílio alimentação de fevereiro e o piso do magistério.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

JoãoLuiz

Mentira desse sem caráter. Estou a 40 dias sem um centavo. Por que ele me penaliza? Alguem do jornal perguntou isso para esse pífio governador? O salário dele e da alta cúpula está atrasado também? Duvido!

Marcela Prudente

Senhor governador, o senhor tem q exonerar todos os comissionados do tce lembra?