“Não há golpe. O impeachment está na Constituição”, diz vice-presidente do PSDB

Goiano Giuseppe Vecci defendeu impedimento da presidente, mas avalia que ainda são necessários fatos concretos para validá-lo

Deputado

“O PSDB não ultrapassou a linha republicana e está esperando um ato concreto, seja pedalada ou o que for”, explicou Giuseppe Vecci

O primeiro vice-presidente do PSDB nacional, o deputado federal Giuseppe Vecci, criticou o discurso adotado pela presidente Dilma Rousseff (PT) quanto à suposta existência de uma “cultura do golpe” no Brasil. “Não há golpe. O impeachment está na Constituição”, defendeu.

Durante ato nacional de filiação do PSDB, na última sexta-feira (14/8), o tucano defendeu o impedimento da presidente, mas avalia que ainda são necessários fatos concretos para validá-lo. “O PSDB não ultrapassou a linha republicana e está esperando um ato concreto, seja pedalada ou o que for”, explicou.

Questionado sobre as manifestações contra o governo Dilma, que ocorrerão neste domingo (16) em várias cidades do País, o deputado frisou que os atos não devem ser atribuídos ao PSDB, mas sim à sociedade brasileira. O deputado também enalteceu o papel do partido como oposição à gestão federal.

“Como oposição, a população cobra da gente um posicionamento mais combativo e vigoroso. Não estamos fazendo parte de uma oposição tacanha e ultrapassada e que prega o ‘quanto pior melhor’”, finalizou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Moacir Romeiro

Quem é esse truão e oportunista para falar em impedimento? Para não ler coisas assim o melhor é não acessar qualquer jornal.