“Não foi isso que os goianos escolheram para os próximos 4 anos”, diz Daniel sobre recuperação fiscal

Governador acredita que adesão ao programa será solução para maioria dos problemas financeiros do Estado

Foto: Reprodução

O presidente estadual do MDB, Daniel Vilela, comentou em seu perfil no Twitter, neste domingo, 6, sobre o Regime de Recuperação Fiscal, criado pelo Governo Federal para atender os Estados com dificuldades. O parlamentar criticou o governador Ronaldo Caiado (DEM) que pretende aderir ao regime alegando calamidade nas contas do Estado.

Para ele, isso é uma prova do quanto é prejudicial para os Estados essa adesão. “Minas Gerais e Rio Grande do Sul também passam por uma grave situação, mas mesmo assim não aderiram”, escreveu.

De acordo com Daniel, aderir a esse programa é abrir mão da autonomia administrativa e transferir para Brasília as decisões da gestão fiscal do Estado. “Se isso ocorrer, nos tornaremos praticamente um estado sob intervenção federal, sem poder de decisão sobre suas próprias contas. Não acho que foi isso que os goianos escolheram para os próximos 4 anos”, disse o deputado.

Ainda em sua rede social o emedebista afirmou que o que se percebe é um desejo do atual governador em se omitir de tomar as medidas necessárias que promova o equilíbrio fiscal. “E mais ainda, tentará transferir o ônus dessas para o Governo Federal, assim como tenta também transferir a única responsabilidade da folha de dezembro para o governo anterior”, tuitou.

4 respostas para ““Não foi isso que os goianos escolheram para os próximos 4 anos”, diz Daniel sobre recuperação fiscal”

  1. HELVIO BORGES REZENDE disse:

    É o mais do mesmo! Ao fazer alianças com vários partidos, Ronaldo Caiado já se vê um novo coronel da política brasileira !

  2. Adilio Faustini disse:

    Quem deve pagar a conta das irresponsabilidades ficais dos Estados?

  3. Elis Regina da Silva Santos disse:

    Um governo que está fugindo de suas responsabilidades.Lamentável…isso é só o começo, imagina o que nos espera.

  4. Clecio Filho disse:

    Tá preocupado com a Odebrecht nas maos do Moro. É que a mamata vai acabar da Lei JBS. Cadê UM BILHÃO de perdão de ICMS que o partido dele ajudou a perdoar em 2014. Goiás faliu e deve quase 3,4 bilhões. Algo deve ser feito urgentemente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.