“Não está sendo fácil”, diz líder do prefeito sobre articulação na Câmara

No entanto, vereador afirma que a cada dez projetos de interesse do Paço, apenas dois não conseguem emplacar

O líder do prefeito Iris Rezende (MDB) na Câmara Municipal de Goiânia, Tiãozinho Porto (Pros), diz que o trabalho de articular com os vereadores de base e oposição não está sendo fácil.

A falta de definição da bancada aliada ao Paço estaria dificultando o papel do líder. De acordo com Tiãozinho, a base conta hoje com 18 ou 19 vereadores. “A gente ia sentir o termômetro na votação da previdência e ver ao certo quem é base e quem não é, mas o projeto foi arquivado”.

Apesar disso, o vereador afirma que nos últimos três meses, quando assumiu a função, de cada dez projetos de interesse do Paço, apenas dois não conseguem emplacar.

“Não é fácil, não está sendo fácil ser líder da base. Todo dia temos que matar um leão. Você tem que saber conduzir, porque nunca vamos conseguir agradar a todos. Mas com sabedoria, com paciência e sem vaidade a gente vai conseguindo”, finaliza

Deixe um comentário