“Não é problema de recurso financeiro, é de gestão”, diz Vanderlan Cardoso sobre Educação

Candidato a prefeito de Goiânia disse que um dos seus projetos para educação na capital no pós-pandemia é implantação de um sistema de ensino para auxiliar na recuperação do tempo perdido em 2020

O candidato a prefeito de Goiânia Vanderlan Cardoso (PSD) participou nesta quarta-feira, 29, de live sobre educação com o professor Carlos André. A transmissão foi feita no perfil oficial da Rádio CBN Goiânia no Instagram.

Vanderlan disse que um dos seus projetos para a educação na capital no período pós-pandemia é a implantação do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), um sistema de ensino que vai auxiliar na recuperação do tempo perdido em 2020, no qual o aluno vai aprender na escola e complementar os estudos em casa usando a tecnologia.

“A escola que eu sonho é uma escola conectada, com ensino híbrido na sala de aula física e na sala de aula virtual em casa”, disse o candidato.

“Precisamos fazer um diagnóstico educacional para sabermos como as crianças têm aprendido com mais facilidade. Precisamos de escolas conectadas e de que o ensino seja híbrido. Não temos como sair disso. E a participação dos pais também é essencial para uma boa educação. Tudo o que se faz com tecnologia sai mais barato e os alunos aprendem mais”, acrescentou o peessedista.

“Nós precisamos formar bons gestores”

Para o candidato do PSD, se os professores ganham bem eles vão muito mais animados para as salas de aula. “E apenas com boa gestão, e profissionais cada vez mais qualificados, que nós vamos melhorar a educação. Com essa nova lei aprovada, em que o governo federal vai aumentar alguns bilhões na educação, espero que os gestores definam com os professores o que é prioridade”.

“Nós precisamos formar bons gestores. Não é problema de recurso financeiro, é de gestão. Nós não usamos nem a tecnologia da informação a nosso favor. É preciso unir educação com esporte e cultura, implantando o projeto Aluno em Tempo Integral, além de supervalorizar os professores e servidores administrativos, cumprindo a data-base no mês de maio” ressaltou Vanderlan.

Fundeb

Sobre o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fundeb), Vanderlan afirmou que é uma conquista da população, assim como o SUS e o Programa Saúde da Família, e não é possível retroceder nesses aspectos, pois cerca de 80 a 90% dos municípios dependem do dinheiro do Fundeb.

“As escolas em Goiânia, por exemplo, precisam de telhas térmicas. Com R$ 12 milhões fazemos essas reformas. Com aproximadamente esse mesmo valor também conseguimos fazer as salas de aulas necessárias para suprir o déficit de vagas nos Cmeis em Goiânia”, concluiu o candidato Vanderlan Cardoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.