“Não é momento de armar palanque eleitoral”, diz secretária de Saúde de Inhumas para deputado Humberto Teófilo

Procurado pela reportagem, deputado Humberto Teófilo prometeu rebatê-la em vídeo gravado para as redes sociais

A secretária de Saúde do município de Inhumas, Patrícia Palmeira, resolveu se pronunciar após, segundo ela, o deputado Humberto Teófilo (PSL) se manifestar, em praça pública, a respeito do recebimento de verbas, bem como a respeito das ações adotadas pelo município em combate à Covid-19. “A população que presenciou uma atitude irracional. A pessoa que tem razão e coerência não incita a população contra seus governantes, nem viola protocolos de saúde pública em um momento como esse”, disparou a titular.

Em um trecho da gravação de aproximadamente 15 minutos, Patrícia disse, ao comentar sobre os recursos, que não houve recebimento de “nem um centavo sequer em um ano e meio em que ele [Humberto Teófilo] está nesse pleito na Assembleia legislativa”.

“Todos nós sabemos que o deputado rompeu com o governador Ronaldo Caiado (DEM) e que os recursos anteriormente esperados não irão chegar ao município. Mas eu quero perguntar quando a suas emendas impositivas, por que Inhumas não recebeu nem um centavo até agora e até o final do ano também não irá receber? O que chegou a Inhumas não foram os recursos milionários como ele colocou hoje [durante o pronunciamento criticado pela gestora]”, acrescentou.

Na contramão do que foi feito por Teófilo, Patrícia acredita que o deputado deveria, na verdade, ajudar o município não só financeiramente, mas levando discussões importantes à Alego. “Como, por exemplo, sobre a indústria farmacêutica que tem se aproveitado do momento, sobre a escassez de equipamentos de proteção individuas, sobre a escassez de material para exames de diagnósticos, sobre os valores que estão sendo comercializados analgésicos, relaxantes para entubação dos pacientes e outros”.

Depois, ela convidou o deputado a somar no combate à pandemia. “Não é momento para armar palanque eleitoral, estamos em momento de salvar vidas. Seja muito bem-vindo na secretaria de saúde se quiser salvar vidas”.

Por fim, a secretária formalizou um outro convite: “Venha aqui para nossa sala. Vamos fazer uma live juntos onde eu te mostro documentos, notas fiscais, fluxos e o protocolos, quantas equipes de saúde temos trabalhando hoje e como elas estão trabalhando no município. Vamos visitar nossa UPA [Unidade de Pronto Atendimento] por um dia. Você vai perceber que não existe no Brasil uma UPA que faz o que a nossa faz. Faça uma visita aos nossos serviços. (…) Estamos ao lado de leitos tentando salvar vidas, não estamos em cima de um palanque eleitoral”.

O deputado Humberto Teófilo foi procurado pela reportagem para comentar as críticas feitas pela gestora. No entanto, via assessoria de imprensa, o parlamentar se limitou a dizer que irá respondê-la em vídeo gravado para as redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.