“Não é justo que Goiás fique excluído deste apoio”, diz Caiado sobre recursos para atender vítimas de chuvas

MP destina R$ 700 milhões a municípios dos estados da Bahia e Minas Gerais, que tiveram locais atingidos por chuvas e enchentes no fim de dezembro

Foi realizada videoconferência comandada pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), nesta terça-feira, 4, com membros da bancada federal goiana, na busca por respaldo para que Goiás possa receber parte da verba de R$ 700 milhões da Medida Provisória que destina recursos aos estados da Bahia e Minas Gerais, que tiveram cidades atingidas por chuvas e enchentes no fim de dezembro. A reunião foi realizada durante o 10º dia de  trabalhos de recuperação de vias e atendimento à população de municípios da Região Nordeste do Estado. 

Durante a reunião, Caiado se encontrava em Alto Paraíso de Goiás, localidade que também foi afetada pelas chuvas.  “Não é justo que Goiás fique excluído deste apoio. Pedi, a todos, participação, solidariedade, e um gesto de apoio junto ao Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR) e à Presidência da República para buscar um valor para que consigamos atender essas necessidades aqui nos municípios”, pontuou o governador.

Ele ainda ressaltou que a região Nordeste de Goiás foi completamente penalizada com a destruição em cidades, que deixou parte da população isolada em certas localidades. “Existem atoleiros no meio da rua, algumas casas caíram, comunidades estão isoladas, várias pontes que, até agora, deixam pessoas isoladas, estradas estão interrompidas, enfim, um quadro que é extremamente pesado para o Estado”, acrescentou.

O governador ainda ressaltou que algumas rodovias e pontes terão que ser reconstruídas, e que não existem, no momento, desvios para solucionar problemas considerados imediatos. “É um esforço sobre-humano para podermos achar alguma alternativa. É impressionante. Aflora água por todo lado. Acabou o asfalto de todo mundo e não se transita mais por aqui. O pouco que tinha foi jogado de cabeça para baixo”, salientou ele.

Um dos pontos afetados é na rodovia GO-118, que liga Alto Paraíso e Teresina de Goiás. No local, parte da pista desmoronou com a orça da água. A previsão é que parte da pista seja liberada para o tráfego de veículos pequenos até sexta-feira, 7, a partir do trabalho das equipes da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra). Para caminhões e outros veículos pesados, o trânsito seguirá restrito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.