Na volta dos trabalhos da Câmara, vereadores criticam falta de atitude de Iris

Aliados e opositores do prefeito peemedebista criticaram gestão por atraso de pagamento a servidores

Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O atraso no pagamento dos servidores públicos da Prefeitura de Goiânia repercutiu entre os vereadores na manhã desta quarta-feira (1º/2), na abertura dos trabalhos legislativos do ano de 2017. Parlamentares de oposição e até aliados do prefeito Iris Rezende (PMDB) usaram a tribuna para cobrar do decano um posicionamento.

Durante pronunciamento, o vereador Jorge Kajuru (PRB) criticou a atual gestão pelos atrasos. “O salário tem que sair e dessa vez não tem como culpar o Paulo Garcia”, alfinetou.

Aliado de Iris, o vereador Paulo Magalhães (PSD) também criticou o prefeito ao dizer que falta vontade por parte do peemedebista. “Ele possui condições de pedir empréstimo, por exemplo. Acabou de assumir e tem credibilidade, o que está faltando vontade”, criticou.

Ao citar o assunto, Elias Vaz (PSB) pediu para que o presidente da Câmara, Andrey Azeredo (PMDB), questionasse o gestor sobre a situação. O peemedebista informou que entraria em contato com o secretário de Finanças para esclarecimentos.

O prefeito Iris Rezende compareceu à primeira sessão da Câmara, mas não falou sobre a questão. Em discurso, ele apenas reiterou o suposto rombo deixado pela gestão anterior nos cofres da prefeitura. Segundo ele, a gestão trabalha hoje com um déficit mensal de R$ 7 milhões, além de dívidas de curto prazo que totalizam R$ 610 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.