Na semana antes do Carnaval, ações de prevenção às DSTs ocorrem em Goiânia

Durante três dias vão ser realizados testes rápidos de HIV e entrega de kits de prevenção

Uma parceria da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS) com a Secretaria Estadual de Saúde (SES) e a Universidade Federal de Goiás (UFG) vai realizar ações de prevenção às Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) e hepatites virais durante a semana que antecede o carnaval.

A partir da próxima quarta-feira (11/2), a população goianiense terá acesso a testes rápidos de HIV – que tem duração média de 30 minutos – e kits de prevenção, que incluem preservativos masculinos e femininos, géis lubrificantes e um folheto com informações sobre como prevenir e tratar o HIV.

Na quarta-feira (11), a entrega dos kits e a realização de testes será no Banana Shopping, que fica na avenida Araguaia, no setor Central, das 11h às 17h. Na quinta-feira (12/2), a ação será feita no Parque Vaca Brava (avenida T-10, setor Bueno), das 7h30 às 13h e, por fim, no dia 13, no Araguaia Shopping (avenida 44, setor Central), das 8h30 às 16h.

O teste rápido de HIV é realizado com a coleta de uma pequena amostra de sangue do dedo. Caso o resultado aponte a presença do vírus no paciente, os profissionais orientam o usuário para procurar uma unidade de referência para iniciar o tratamento, que é gratuito pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

A chefe da Divisão de Agravos Transmissíveis-crônicos da SMS, Letícia Dogakiuchi, explicou que a campanha de prevenção às DSTs deve ser realizada também antes do início do carnaval, para que a população se conscientize e o contágio seja evitado.

“O carnaval é uma época em que se festeja muito e é comum ter a associação de bebidas alcoólicas com a folia. Então, por isso, a gente investe em informação para que todos se relacionem utilizando o preservativo”, afirmou.

Em Goiânia, os testes rápidos ficam disponíveis durante todo o ano no Centro de Referência em Diagnóstico e Terapêutica (CRDT), nos Cais de Campinas, Cândida de Moraes e Novo Mundo e na Maternidade Nascer Cidadão.

*Com informações da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.