Mutirama pode completar aniversário de 50 anos de existência com portões fechados

Apesar de ter sido inaugurado em 1969, quando Iris Rezende era prefeito pela primeira vez, parque está fechado a mais de um ano e meio, depois de acidente que feriu pessoas

Foto: Mayara Carvalho/Jornal Opção

A inauguração do Parque Mutirama de Goiânia, que aconteceu em 1969, faz o local completar, em 2019, 50 anos de existência. Apesar disso, local segue fechado e sem previsão de reabertura. A alegação dada no final de 2018 sobre o atraso na “reinauguração” é de que a segurança está sendo levada em primeiro lugar.

“A prioridade agora é garantir a segurança total. Não adianta ter pressa”, afirmou o presidente da Agetul, Ronaldo Vieira, em uma das últimas coletivas sobre o assunto, que aconteceu em outubro de 2018.

Vale lembrar que, no ano em que o parque foi inaugurado, a capital era administrada por Iris Rezende (MDB) pela primeira vez. Além disso, desde que o parque está fechado – dia 26 de julho de 2017 – quando um dos brinquedos quebrou, deixando 13 pessoas feridas, já houve cinco comunicados da reabertura do local, mas nenhuma se concretizou.

Agora porém, ao tentar falar com a Agetul, ou com Ronaldo Vieira, a reportagem soube que as informações deveriam ser solicitadas à prefeitura, mas nenhum dos órgãos retornou as ligações ou os e-mails enviados sobre a expectativa de quando o parque deve ser reaberto. Ou seja, até agora, não há data específica comunicada.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jansen

Melhor fechado do que mutilando visitantes……