Museu de Artes de Goiânia recebe exposição ‘Inventivo’ de ZéCésar

Além de artista, o gauche é professor da Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás, escritor e músico

Gravura de ZéCesar | Imagem: Divulgação

O trabalho experimental do artista plástico José César Teatini de Souza Clímaco, o ZéCésar,  abre nesta terça-feira (29/5) às 19h30, no Museu de Artes de Goiânia (MAG) a Exposição Individual “Uma gravura e várias gravuras”. O espaço estará aberto para visitação de 30 de maio a 1º de julho.

Graduado em Ciências Sociais, em Artes Plásticas pela UFG e doutorado pela Universidad Complutense de Madrid, ZéCesar explica que a exposição “trata-se de um trabalho experimental, porque as matrizes são de Paviflex, para a confecção de gravuras, pesquisando, particularmente, a variação e as possibilidades de impressão”.

As gravuras da mostra são variáveis de uma mesma imagem. “As imagens foram impressas compondo-as, mais ou menos aleatoriamente, duas a duas, lado a lado, ou uma sobre a outra. Uma mesma matriz proporcionando distintas gravuras, pois pelas formas de impressão utilizadas se tornam totalmente diferentes entre si”, frisa.

O artista explica que as obras foram projetadas para que pudessem – em oco ou em relevo – não serem simplesmente uma o negativo da outra, “que pudessem ser, ambas, uma imagem positiva”, sublinha o professor titular de gravura na FAV, da Universidade Federal de Goiás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.