Museu Casa de Cora alerta que frase atribuída à poetisa contra ‘os Caiado’ é falsa

Diretora da unidade esclarece que Cora Coralina não viveu o momento político em que os Caiados governaram Goiás

A diretora do Museu Casa de Cora Coralina, Marlene Velasco, guardiã de sua obra, afirma que a frase “não se deve dar muito poder para os Caiados”, atribuída à escritora, não existe em nenhuma publicação da poetisa goiana.

A dirigente destaca ainda que Cora Coralina era grata ao ex-governador Leonino Caiado, que durante sua gestão apresentou projeto de lei para que a escritora recebesse pensão e sobrevivesse durante sua velhice.

Em “Histórias da Casa da Ponte”, afirma a diretora do museu, a temática gira em torno de assuntos que fazem parte da cidade, “como a Casa Velha da Ponte, a promissão das almas, o caso da irmã que trabalhava no quintal e por meio das plantas conseguiu sustentar um filho que cursava Medicina no Rio de Janeiro”.

Mas em nenhum momento existe qualquer menção à frase usada pelo autor da publicação fake. “A pessoa é tão leviana que teve o trabalho de citar algo que não aparece em nenhum dos textos”, diz Marlene.

O museu esclarece que Cora Coralina não viveu o momento político em que os Caiados governaram Goiás. De acordo com a diretora, Cora foi embora da cidade de Goiás em 1911, retornando somente em 1945, quando o Estado era conduzido pelos Ludovicos.

A publicação, que teria começado a circular durante a campanha eleitoral de 2018, volta e meia aparece nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.