Municípios goianos não informam aplicação de mais de 400 mil doses de vacinas

Atraso no preenchimento do cadastro disponibilizado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO) compromete informação real de quantas pessoas foram vacinadas em Goiás e prejudica o estado no ranking de vacinação nacional

Vacinação em Goiania

O estado de Goiás já recebeu e distribuiu mais de 1 milhão de doses de vacinas contra a Covid-19. Foram 1,031.380 de imunizantes distribuídos aos 246 municípios goianos para a aplicação da 1ª e 2ª dose das vacinas CoronaVac e Astrazeneca. No entanto, apenas 624.715 foram registradas no sistema do Ministério da Saúde através de cadastro disponibilizado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO). Ou seja, 406.665 doses de vacina não tiveram o seu paradeiro informado.

O atraso nos dados compromete a real informação de quantas pessoas foram vacinadas em Goiás e prejudica o desempenho do estado no ranking nacional de vacinação.

Em Goiânia, por exemplo, foram recebidas pela Secretaria Municipal de Saúde 277.472 doses de vacina (D1+D2), mas apenas 163.256 foram registradas como aplicadas. Na capital, segundo os dados emitidos no cadastro, a quantidade de doses não registradas ou não aplicadas é de 114.216.

O número diverge do balanço municipal que diz que já foram aplicadas 245.925 doses D1 e D2 na capital. Por meio de nota, a A Secretaria de Saúde de Goiânia diz que está trabalhando para que a digitalização das doses contra Covid-19 ocorra em tempo real da aplicação. Para atualização dos dados, está desenvolvendo uma força tarefa que ganhou reforço de acadêmicos dos cursos da área da saúde.

Em Aparecida de Goiânia a situação não é diferente. Segundo dados da SES-GO, o município recebeu 69.700 doses de vacina (D1+D2), mas apenas 34.472 foram registradas como aplicadas. Ou seja, 35.228, mais da metade do montante recebido pela cidade, não foram utilizadas ou não foram registradas.

Em resposta ao Jornal Opção, a Secretaria de Saúde de Aparecida de Goiânia informou que, até esta segunda-feira, 5, foram aplicadas 59.274 doses de vacinas contra a Covid-19, sendo 43.974 referentes à primeira dosagem e 15.300 referentes à segunda. Disse ainda que na última semana semana houve atraso no lançamento das informações devido a problemas técnicos na digitalização dos dados, mas nos próximos dois dias todas as informações serão atualizadas no sistema.

“É importante ressaltar que até então, o município era o que mais estava em dia no lançamento das informações da Campanha e continuará prezando pela agilidade”, completou o comunicado. De acordo com os dados da SES-GO, Aparecida está na 212ª posição dos municípios que menos registraram os dados.

Em Caldas Novas, foram recebidas 12.940 doses de vacina(D1+D2) e apenas 8.826 constam como aplicadas. Ou seja, 4.114 não foram utilizadas ou não foram registradas. A reportagem entrou em contato com a prefeitura de Caldas Novas, mas ainda não obteve retorno.

Já Goianésia recebeu 9.970 doses de vacina(D1+D2) e vacinou 7.410. Ou seja, 2.560 não foram utilizadas ou não foram registradas. A reportagem também entrou em contato com o secretário de Saúde do município, Rafael Cardoso, mas os questionamentos ainda não foram atendidos.

A lista completa das doses recebidas por cada município e a relação de quantas foram ou não aplicadas pode ser acessada aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.