Municípios goianos ainda não foram comunicados sobre vacinação, diz FGM

Presidente da entidade afirma que embora acompanhe diariamente as informações sobre imunização, não houve qualquer comunicado oficial sobre o assunto

Instituto Serum, da Índia, produz doses de imunizantes contra Covid-19. │ Foto: Reuters/ Imago Images

Os municípios goianos, até a tarde desta quinta-feira, 14, não receberam nenhum comunicado oficial sobre início da vacinação no estado. Segundo presidente da Federação Goiana dos Municípios (FGM), José de Sousa Cunha, não há data oficial nem número de doses definidas.

O prefeito de Florianópolis, capital de Santa Catarina, Gean Loureiro, disse nesta quinta que a vacinação contra a Covid-19 pode começar na próxima quarta-feira, 20, em todo o país. O anúncio ocorreu após reunião do ministro da Saúde Eduardo Pazuello com 100 prefeitos de todo o país.

A reunião contou com prefeitos de municípios com mais 200 mil habitantes. No entanto, o presidente da FGM afirma que ainda não houve comunicado oficial sobre a distribuição e aplicação da imunização em larga escala nos municípios.

José de Sousa Cunha avalia que é possível que Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) libere em caráter de urgência 8 milhões de doses, dos quais 6 milhões da Coronavac e 2 milhões da AstraZeneca no domingo, 17. Com isso, haveria projeção de, no mínimo, mais dois dias para preparativos logísticos e distribuição para a central estadual.

“Os municípios estão esperando, mesmo porque registram aumento do número de casos da doença. Não sabemos ainda ao certo o número de doses que chegarão aos municípios goianos nesta primeira leva”, aponta o presidente da FGM.

A própria Secretaria de Estado da Saúde ainda aguarda posicionamento do governo federal sobre o Plano Nacional de Imunização contra Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.