Mulheres com filhos na escola recebem chips gratuitos para acesso à internet, em Goiânia

Chip dará direito a WhatsApp gratuito, ligações para todo Brasil e para qualquer operadora, 1 giga de internet livre e 24h de internet controlada, com acesso a conteúdo de educação, negócios e cultura

Foto: Reprodução.

A Central Única das Favelas em Goiás (CUFA) vai promover nesta terça-feira, 20, a distribuição de chips gratuitos para mulheres que possuem filhos em idade escolar. As entregas vão ocorrer ás 10h, na R. Jucá Rodrigues, 747, Residencial Buena Vista,

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres (SMPM), indicou as mulheres que se encaixam no perfil da ação. 

O chip dará o direito a WhatsApp gratuito, ligações para todo o Brasil e para qualquer operadora, 1 giga de internet livre e 24h de internet controlada, com acesso a conteúdo de educação, negócios e cultura.  

Isolamento digital

Com as aulas presenciais canceladas devido a pandemia de coronavírus, as escolas aderiram à transmissão online das aulas.

Algumas crianças que necessitam de participar das aulas não têm acesso à internet, o que acaba dificultando o trabalho das escolas com essas crianças e ocasionando falhas no aprendizado.

Essas mães que serão atendidas muitas vezes têm que escolher entre comprar comida e comprar dados para acesso à internet. Por isso, nesse momento busca-se democratizar a conectividade alcançando mais de 4,5 milhões de pessoas no Brasil. 

Para a titular da SMPM, Patrícia Quirino, “Essa ação é de grande importância para as mães e para as crianças E ajudará no desenvolvimento de atividades escolares, combatendo o isolamento digital que essas mães têm enfrentado.”   

Esse é um dos maiores projetos de conectividade da história do país. Por meio deste projeto, vão ser instalados pontos com Wi-Fi em 150 comunidades e distribuídos 500 mil chips de forma totalmente gratuita para as mães da favela em todo o Brasil, com internet e ligação gratuitas em parceria com TIM e o ALO SOCIAL. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.