HDT considera remota possibilidade de mulher internada estar com vírus Ebola

Paciente esteve por dez dias em Moçambique e apresentou sintomas semelhantes ao da doença, como febre e diarreia. Ela deu entrada na unidade por precaução

Uma mulher que está com sintomas semelhantes ao do vírus Ebola deu entrada no Hospital de Doenças Tropicais Dr. Anuar Auad (HDT/HAA) na manhã desta sexta-feira (1º/8), em Goiânia. A paciente foi internada após dez dias de viagem ao Moçambique e não teve o nome divulgado.

O país não é foco do surto da doença, mas por estar localizado no continente africano ela foi orientada a procurar atendimento de saúde especializado caso apresentasse sintomas. Segundo nota divulgada pela unidade de atendimento, a mulher está há três dias no Brasil e teve febre e diarreia.

O hospital informou a Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estadual de Saúde (SES) sobre o caso e disse que medidas necessárias estão sendo adotadas. A paciente — que passa por exames — apresenta “quadro geral bom e estável, sem risco de morte”. De acordo com o HDT, a suspeita de infecção pelo Ebola é remota.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.