Mulher indiana de mais de 70 anos tem um filho e diz que realizou um sonho

“Deus ouviu as minhas orações. A minha vida está completa agora. Sou eu mesmo que tomo conta do bebê. Sinto-me cheia de energia”, disse Daljinder Kauer

Daljinder Kaur 2

Uma das reportagens de mais destaque na edição de quarta-feira, 11, do “Diário de Notícias”, de Portugal, conta a história de uma mulher indiana — com idade entre 72 e 74 anos (não tem certidão de nascimento) — que, depois de várias tentativas, conseguiu ser mãe. Daljinder Kaur está casada com um homem de 79 anos há 46 anos e seu sonho era ser mãe. Chegou a adotar uma criança, mas, quando ela cresceu, foi embora para os Estados Unidos, em busca de trabalho.

O casal juntou dinheiro, durante dois anos, e fizeram um tratamento intensivo numa clínica especializada em fertilidade. Usaram “óvulos de uma doadora”, afirma o “Diário de Notícias”.

“Deus ouviu as minhas orações. A minha vida está completa agora. Sou eu mesmo que tomo conta do bebê. Sinto-me cheia de energia”, disse Daljinder Kauer à Agência France Press. O menino, de nome Arman, nasceu em abril deste ano, com 2 kg, e é saudável.

A história, destaque na imprensa da Índia e da Europa, parece ter saído de um romance “mágico” do escritor indiano Salman Rushdie. A casa da família de Arman se tornou uma espécie de ponto turístico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.