Mulher é presa em flagrante por maus-tratos a cadela, em Jatai

Policiais encontraram animal acorrentado, sem comida, extremamente magro e debilitado. Caso foi descoberto graças a uma denúncia anônima recebida pela Delegacia de Polícia do município

Foto: Reprodução

Policiais da Delegacia de Polícia de Jataí efetuaram a prisão em flagrante de uma mulher que praticava maus-tratos contra uma cadela de grande porte na cidade de Jataí, no interior de Goiás.

A prisão foi realizada pouco antes da virada do ano quando os agentes, ao chegarem ao local, encontraram a cadela acorrentada, sem comida, extremamente magra e debilitada.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Irineu Pesarini Júnior, a partir da recente alteração na lei de maus-tratos aos animais —  assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, em setembro de 2020, com o objetivo de endurecer as penas previstas para este tipo de delito —  “cabe uma pena de prisão de até cinco anos”.

A proprietária do animal foi encaminhada a carceragem e seguirá a disposição da Justiça. A cadela foi acolhida por uma ONG do próprio município que garantiu os devidos cuidados ao animal. Caso foi descoberto graças a uma denúncia anônima registrada na Delegacia de Polícia de Jataí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.