MPGO requer intimação da administradora de Recuperação Judicial do Grupo Cotril e dos credores

Promotoria pede que seja investigado se há irregularidades ou não no processo de recuperação judicial

Em processo de Recuperação Judicial desde outubro de 2019, o pedido do Grupo Cotril Máquinas teve uma movimentação no Ministério Público de Goiás (MPGO) na última terça-feira, 19, quando promotor da 61ª Promotoria de Justiça da Comarca de Goiânia, Umberto Machado de Oliveira, requereu a intimação da Administradora Judicial das empresas do Grupo, dos sócios das devedoras, dos credores e dos demais interessados. A promotoria pede investigação sobre a existência, ou não, de irregularidades no processo de recuperação judicial da empresa.  

A intimação foi feita após o MPGO considerar as “denúncias anônimas” que trata da notícia de fato instaurada e foi recebida por meio do MPCidadão e encaminhada para a Promotoria de Justiça no dia 18 de abril, quando foram feitas denúncias sobre supostas irregularidades que questionam desde irregularidades na participação processual de sócios na qualidade de credores das empresas, até a exclusão da Cotril Florestal, uma das empresas do Grupo, do polo ativo do pedido de recuperação judicial.  

Como se trata de uma recuperação judicial, a participação do MPGO é obrigatória, para evitar prejuízos aos credores e tem uma atuação fundamental neste processo. É justamente o que a promotoria fez após as denúncias recebidas. Após a análise da notícia de fato (denúncia anônima), foi notado que as irregularidades teriam acontecido em espaços diversos e esparsos momentos, ainda que o MPGO não ignora o fato de que o processo é bastante extenso, possui mais de 1016 eventos e há a necessidade de oportunizar a manifestação de todos os envolvidos.  

A reportagem não conseguiu encontrar a defesa do Grupo Cotril. O espaço continua aberto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.