MPF-GO vai exigir comprovante de vacinação a partir do dia 7

Obrigatoriedade vale para as cidades de Goiânia, Anápolis, Luziânia e Rio Verde. Comprovante de imunização será exigido de todas as pessoas, exceto para as crianças menores de 12 anos

Para ter acesso às unidades do Ministério Público Federal em Goiás (MPF/GO) será necessário apresentação do comprovante de vacinação contra Covid-19. A obrigatoriedade estabelecida nas Portarias PGR/MPU nº 110 e PGR/MPU Nº 112, da Procuradoria-Geral da República (PGR), e regulamentadas, no âmbito do MPF/GO, pela Portaria PR/Go nº 218, valem para as cidades de Goiânia, Anápolis, Luziânia e Rio Verde.

A exigência valem para todas as pessoas, exceto para as crianças menores de 12 anos, a partir do dia 7 de janeiro deste ano. A entrada será liberada mediante apresentação do certificado nacional de vacinação emitido pelo aplicativo Conecte-SUS do Ministério da Saúde ou do comprovante ou cartão de vacinação emitido no momento da vacinação pelos órgãos de saúde locais.

Já as pessoas que não comprovaram via certificado, podem apresentar o teste PCR/RT ou teste antígeno negativos para Covid-19 realizados nas últimas 72 horas. A comprovação dos requisitos exigidos será feita ao servidor ou terceirizado responsável pelas portarias das sedes, sob pena de restar impedido o acesso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.