MP recomenda que prefeitura faça matrícula em CMEIs por telefone ou presencialmente

Ofício foi expedido após falhas no atendimento exclusivamente online disponibilizado pela Secretaria Municipal de Educação de Goiânia

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) encaminhou ofício nesta quinta-feira (11/1) ao secretário municipal de Educação de Goiânia, Marcelo Ferreira da Costa, com uma série de recomendações para garantir o atendimento dos pais que procuram vagas na rede municipal de educação infantil.

O período de matrículas para os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), iniciado na última terça-feira (9/1), tem sido marcado por falhas no sistema e dificuldade de acesso dos pais. A matrícula é feita exclusivamente online.

Diante disso, o documento encaminhado ao órgão da prefeitura recomenda que a prefeitura também disponibilize atendimento presencial ou por telefone, além do online já ofertado.

Outra medida cobrada pelo MP é a imediata publicação de informação, na página na internet da Secretaria Municipal de Educação, com esclarecimento dos motivos da dificuldade de acesso ao sistema e das medidas adotadas para garantir as vagas.

A prefeitura deve prestar contas ao MP sobre as providências tomadas em um prazo de 24 horas.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.