MP-GO denuncia namorado de servidora pública encontrada morta em Goiânia

José Carlos de Oliveira Júnior foi denunciado por feminicídio e meio cruel pela morte de servidora do TJ

Foto: Divulgação/PC

O Ministério Público ofereceu denúncia contra José Carlos de Oliveira Júnior pela morte da namorada Giselle Evangelista Gonçalves, pelo crime de feminicídio, ocorrido na casa dele, em 16 de fevereiro de 2018.

De acordo com a denúncia, por volta das 2 horas da manhã do dia 16, o réu matou a vítima.

O homem foi preso em fevereiro suspeito do assassinato da namorada e afirmou que a motivação do crime foi uma briga por ciúmes.

Em entrevista, José Carlos afirmou que Gisele ficou incomodada com um vídeo pornográfico que ele teria recebido no celular, o que o fez “perder a cabeça”.

Segundo o próprio José Carlos, em determinado momento da discussão ele asfixiou a namorada e, ao perceber que não conseguiu reanimá-la, fugiu.

O suspeito foi preso em Pirenópolis após ação conjunta entre as polícias Civil e Militar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.