MP cumpre mandado de prisão em investigação sobre desvios de arrecadação municipal

Grupo recolhia propina para dar baixa indevidamente em débitos

O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) cumpre um mandado de prisão preventiva e cinco mandados de busca e apreensão nas cidades de Valparaíso e Novo Gama. A investigação apura a existência de um esquema criminoso no qual fiscais e servidores da arrecadação tributária receberiam propina para dar baixa indevidamente em débitos tributários municipais.

Segundo apuração do órgão, fiscais teriam abordado contribuintes ou seus representantes legais e teriam solicitado o pagamento de débito tributário com menor valor, para, posteriormente, inserirem informação falsa de dados para dar quitação do débito no sistema do órgão municipal, mediante recebimento de quantia indevida pelo fiscal ou servidor lotado nos órgãos municipais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.