Movimento Vem Pra Rua organiza carreatas em defesa da Lava Jato

Em Goiânia, ato será realizado às 10h, em frente à sede da Polícia Federal

Vem Pra Rua | Foto: Reprodução

O movimento Vem Pra Rua promove atos em diversas cidades brasileiras no sábado, 15, em defesa da Operação Lava Jato. Segundo a organização, a manifestação será realizada com carreatas, em respeito à saúde e à segurança de todos os participantes.

Na página do evento nas redes sociais, o movimento recomenda que todos usem máscara e permaneçam no carro durante todo o trajeto da carreata, evitando aglomerações de qualquer natureza e respeitando o distanciamento social necessário para evitar a propagação da Covid-19.

Em Goiânia, o ato será realizado às 10h, em frente à sede da Polícia Federal. Entusiasta da Lava Jato, o deputado federal José Nelto (Podemos) confirmou presença na carreata, além de divulgar o movimento.

“Convido a população a participar da carreata contra a corrupção no nosso país. Existem vários partidos, setores do MPF e STF que querem acabar com a Lava Jato. Precisamos ter uma reação a jato e participar da defesa do combate à corrupção”, afirma o parlamentar.

Em meio à pandemia

Segundo Nelto, alguns participantes podem até descer dos carros e falar, desde que respeitado o distanciamento social. “Ninguém vai transgredir as normas sanitárias do país”, argumenta.  O político disse ainda que irá propor a realização de um twittaço nacional com o ex-juiz Sergio Moro, promotores e outras autoridades em defesa do legado da operação.

“O alvo são eles, então é claro que precisam se envolver e defender esse legado. Assim como toda a sociedade. É hora de todo patriota lutar contra a praga da corrupção. É hora de colocar leis duras como o fim do Foro Privilegiado e do Juiz de Garantias, transformar a corrupção em crime hediondo”, afirma o deputado, ao lembrar algumas bandeiras do Vem Pra Rua.

Veja a lista de cidades com carreatas confirmadas:

São Paulo

Macapá

Brasília

Goiânia        

Curitiba

Maringá       

Rio de Janeiro

São José dos Campos      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.