Movimento Onda Azul é lançado em Goiânia

PSDB pretende se aproximar das ruas e das classes populares, tradicional reduto eleitoral do PT. Ao contrário do Vem para Rua, iniciativa quer trazer novos filiados 

Humberto Laudares: "o objetivo de organziar e de aproximar com simpatizantes do PSDB será alcançado" | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

Humberto Laudares: “o objetivo de organziar e de aproximar com simpatizantes do PSDB será alcançado” | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

Com a intenção de trazer novos filiados ao PSDB e de fazer ações propositivas, o consultor e professor do Centro de Liderança Pública, Humberto Laudares e o assessor parlamentar João Paulo de Castro, lançaram na última quinta-feira (5/3) em Goiânia, o Movimento Onda Azul.

Aproveitando o bom desempenho do partido nas urnas no pleito presidencial do ano passado, no qual o candidato Aécio Neves conseguiu 51 milhões de votos, o grupo quer dar continuidade ao sentimento de mudança por parte da população brasileira, por novos projetos políticos fora dos programas de governo do PT.

Segundo Humberto Laudares o objetivo é de fazer filiações em massa ao PSDB, para ele, o principal partido de oposição e que tem capilaridade eleitoral de destronar o PT da presidente Dilma Rousseff do poder. Porém, a tarefa não será fácil.

As filiações não seriam gratuitas, ou seja, será exigido contrapartidas. Uma delas é a instituição de prévias e eleições diretas para os diretórios. Isso em um futuro próximo, segundo avaliação dos líderes, deve ajudar PSDB a trazer às ruas para a política institucional e ao mesmo tempo aprofundar a presença do partido nas camadas populares.

“Fizemos uma carta de intensões falando o que nós acreditamos ser a social-democracia de hoje, com as políticas sociais responsáveis e medidas econômicas com responsabilidade”, diz Humberto Laudares.

Além de Goiás, o Movimento Onda Azul deve desembarcar no Ceará, na Paraíba, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio de Janeiro.

Os eventos seriam em torno de debates no qual a palavra é aberta para os participantes, que podem opinar a respeito e tecer críticas para que a iniciativa possa se aperfeiçoar e avançar nas camadas populares da sociedade. “Nem todos vão se filiar, mas o nosso objetivo de organziar e de aproximar com simpatizantes do partido será alcançado.”

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.