Mourão afirma que, em breve, Bolsonaro deverá trocar ministro da Saúde, Eduardo Pazuello

“Nós não queremos a política indo para dentro dos quarteis” disse vice-presidente da República

Antonio Hamilton Mourao | Pedro Ribas | ANPr | Divulgação.

Em entrevista ao Jornal das Dez, da GloboNews, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou nesta terça-feira, 14, que “tudo indica” que o presidente Jair Bolsonaro substituirá o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, em um “momento próximo”.

Em 3 de junho, o General da ativa do Exército foi oficializado por Bolsonaro como ministro interino da Saúde. Na ocasião o presidente afirmou que Pazuello permaneceria no cargo “por muito tempo”.

“Ele [Luiz Eduardo Ramos, ministro da Secretaria de Governo] compreendeu que o ciclo dele dentro da força havia se esgotado […] e que era o momento de ele passar para a reserva, que para nós, que fomos soldados a vida de inteira, é um momento doloroso. Já o caso do Pazuello é diferente, ele é interino. Está há dois meses no cargo. Tudo indica que, em um momento próximo, o presidente vai substituí-lo”, disse Mourão na entrevista.

Política dentro de quartel

Na entrevista, Mourão ainda afirmou que “política dentro de quartel não é algo que seja saudável” para os “pilares” das Forças Armadas: “hierarquia e disciplina”. O vice-presidente completou dizendo que o governo tem tentado “deixar muito claro” que há separação entre as Forças Armadas e o Poder Executivo.

“Não queremos trazer as forças, efetivamente, para dentro do governo. Nós não queremos a política indo para dentro dos quarteis e a discussão ‘eu apoio o presidente’, ‘eu sou contra o presidente’, independentemente de ele ser um militar, um antigo militar ou não”, declarou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.