Motoristas que participam de paralisação rebatem alegações de interferência empresarial no movimento

“Não tem interferência de empresa. Aqui tudo foi muito bem organizado pela categoria, pelas redes sociais”, disse representante dos trabalhadores

Motoristas do transporte coletivo de Goiânia que estão participando da paralisação neste sábado, 19, gravaram um vídeo para rebater afirmações de que há interferência empresarial no movimento.

Os manifestantes também falaram sobre o intuito do ato, que reivindica o pagamento do 13º salário.

Na gravação, um motorista que se identifica como Moacir, funcionário da HP Transportes, reitera que a causa é dos trabalhadores, que se organizaram via redes sociais sem o intermédio de terceiros.

“Não tem interferência de empresa. Aqui tudo foi muito bem organizado pela categoria, pelas redes sociais. Nós queremos respostas das empresas. Queremos sensibilizar as empresas, o poder público e a sociedade”, disse Moacir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.