Motoristas goianos já podem trocar as placas pelo modelo Mercosul

Ao menos 20 empresas devem se habilitar para fazer a instalação das novas placas em Goiás. Detran-GO acredita que novo modelo traz mais segurança

Foto: Reprodução

O novo modelo de placas Mercosul passou a ser adotada pelo Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) a partir desta sexta-feira (31). Os goianos devem contar ao menos com 20 empresas que estão credenciadas a fazer a troca das placas cinzas para as novas placas brancas com faixa azul.

O diretor-técnico do Detran-GO, Isaac Silva de Souza explicou que a partir de segunda-feira, 3, é que de fato começarão a ser trocadas as placas. “O credenciamento inicia no começo do mês e fica aberto para que seja realizado a qualquer momento. Já temos quase 20 empresas credenciadas para fazer o emplacamento a partir de segunda”, disse Souza.

Mas não é todo motorista que precisa correr para o Detran ou para as empresas de emplacamento. De acordo com o Detran, a mudança será gradual. “Somente veículos novos ou que venha de outros municípios ou de outros estados. Também, perda de placa traseira, que tem o lacre, ou o cidadão que queira mesmo fazer a troca”, disse. De acordo com Souza, a procura já é grande pelas novas placas. “Ela é mais bonita e tem mais segurança. Quem deseja trocar, deve procurar o Detran e pagar uma taxa de R$45. Lá ele recebe autorização e escolhe uma das empresas credenciadas”, informou.

De acordo com o diretor-técnico, as placas Mercosul oferecem inúmeras vantagens. “Em termos de segurança, vem com QR Code onde ficam gravados os dados criptografados da placa e tem o número de serial. Esse número de serial utiliza um aplicativo nacional que usa a mesma base de dados do estado. O agente ou policial verifica todos os dados do veículo e condutor. O policial também tem acesso a base de dados compartilhada com a Segurança Pública. Caso tenha mandado de prisão ou outro tipo de ocorrência, também o policial tem acesso. Em termos de fiscalização é tudo online, de qualquer lugar”, diz.

As novas placas terão uma letra a mais (passam de 3 para 4) e um número a menos (de 4 para 3). Com isso, as combinações passam das atuais 175 milhões para 456 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.