Motociata de Bolsonaro gastará de R$ 1 milhão, segundo governo de SP

Houve reforço no policiamento para a manifestação, com efetivo de mais de 1,9 mil policiais militares, segundo a secretaria responsável

O presidente Jair Bolsonaro (PL) participa, nesta sexta-feira, 15, de uma motociata em São Paulo (SP). Com o nome de “Acelera para Cristo 2”, o chefe do Executivo, junto a centenas de motociclistas, teve como destino final o interior do Estado. Em uma projeção enviada pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo para a rede CNN Brasil, o governo estimou que a motociata custará cerca de R$ 1 milhão aos cofres públicos.

Segundo a SSP, haverá um reforço no policiamento para a manifestação, com efetivo de mais de 1.900 policiais militares. Em junho do ano passado, os gastos da primeira motociata chegaram a R$ 1,2 milhão com participação de 1.433 policiais, cinco aeronaves, dez drones e aproximadamente 600 viaturas, também segundo a Secretaria de Segurança Pública.

Os manifestantes iniciaram o percurso no Sambódromo do Anhembi, com destino final a cidade de Americana, no interior de SP, 130 quilômetros da capital paulista. No decorrer do trajeto, o presidente parou em um dos pontos da rodovia para sessão de foto com apoiadores. Às margens da rodovia Bandeirantes, centenas de apoiadores se aglomeraram para acompanhar a passagem de motos.

O objetivo da motociata é a realização de um ato político favorável ao chefe do Executivo federal. Na quarta-feira, 13, Bolsonaro chegou a dizer que evento servirá para “enaltecer os valores da família, o patriotismo e, em parte, para defender o governo”, em uma entrevista para a TV Aratu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.