Morre servidor da Câmara de Goiânia, Wilson Violati, por complicações da Covid-19

Violati tinha 68 anos e trabalhava no Legislativo há 39 anos

Wilson Violati | Foto: Divulgação

O servidor da Câmara de Goiãnia, Wilson Violati, de 68 anos, morreu nesta sábado, 10, em decorrência de complicações da Covid-19.

Ele atuava no Legislativo há 39 anos. O presidente da Câmara, Romário Policarpo (Patriota) decretou luto oficial de três dias pelo falecimento do servidor. A sessão desta segunda-feira, 12, foi adiada para o dia seguinte.

Violati estava internado no Hospital Urológico desde o dia 24 de março. No dia 4 de abril foi transferido para Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não conseguiu superar a doença.

Wilson Violati era mineiro de Uberlândia, onde nasceu em 8 de novembro de 1952. Veio para Goiás e ingressou na Câmara em 13 de agosto de 1982. Torcedor do Atlético Goianiense, Violati usava máscaras faciaais com as cores e emblemas do ACG durante a pandemia.

“Violati era um ser humano incrível, um colecionador de admiradores e amigos. É impossível para todos nós, servidores e vereadores, imaginar o Poder Legislativo sem ele”, lamentou o presidente do Legislativo, Romário Policarpo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.