Morre paciente com Covid que tinha Síndrome de Down. Ele aguardava leito de UTI

Emerson Júnior, de 30 anos, ficou conhecido porque a imagem de um enfermeiro o abraçando viralizou nas redes sociais

Juscelino Goulart de Oliveira

Especial para o Jornal Opção

Emerson Loureiro Júnior, de 30 anos, não resistiu o descaso dos governos brasileiros com a saúde. Internado para tratamento de Covid-19, o jovem, que tinha Síndrome de Down, morreu na quinta-feira, 28, depois de esperar cinco dias por uma vaga na UTI, em Manaus. Ele havia sido internado no hospital de campanha do município de Caapiranga, no Amazonas.

Raimundo Nogueira e Emerson Júnior | Foto: Reprodução

Quando a família buscou ajuda para Emerson Júnior, não foi fácil convencê-lo a receber oxigênio. Com rara sensibilidade, o enfermeiro Raimundo Nogueira o abraçou carinhosamente e o jovem aceitou o tratamento.

“Meu irmão não queria deixar colocar a máscara para receber oxigênio pois se sente incomodado. Eu tinha acabado de sair de perto dele e o enfermeiro me disse: ‘deixa que eu faço, deixa que eu cuido’. Foi quando ele abraçou o meu irmão e, só por meio desse gesto, que ele se sentiu seguro. Foi muito bom”, relatou Eliane Loureiro, irmã de Emerson Júnior.

Ao saber da morte do paciente, o enfermeiro Raimundo Nogueira chorou “muito”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.