Morre homem que teve 70% do corpo queimado com explosão

Segundo o Corpo de Bombeiros a explosão aconteceu em decorrência de um vazamento de gás. Vítima era funcionário de uma padaria

Wesley Ribeiro Neto, de 22 anos, funcionário de uma padaria, que teve 70% do corpo queimado após uma explosão, morreu neste final de semana num Hospital de Goiânia. O acidente aconteceu no dia 2 de novembro deste ano em Aparecida de Goiânia.

O jovem trabalhava num estabelecimento há cerca de um ano. No dia do fato, Wesley retornou ao estabelecimento para assar pães para o dia seguinte. Ao ligar um interruptor foi surpreendido com a explosão. Segundo o Corpo de Bombeiros, a explosão aconteceu em decorrência de um vazamento de gás.

O proprietário havia fechado a padaria por volta das 13h do dia do acidente e não percebeu nenhum cheiro de vazamento de gás. No dia, Wesley foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Brasicon com 70% do corpo queimado. Depois, ele foi transportado de helicóptero do Corpo de Bombeiros para o Hugol. O jovem estava em estado grave e respirava por aparelhos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.