Moradores reclamam do descaso da coleta de lixo na região Norte de Goiânia

Segundo moradores do residencial Alice Barbosa, equipe da Comurg esteve no local, empilhou as sacolas de lixo nas ruas e não voltou para fazer a coleta

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ruas amontadas de sacolas de lixo e mau cheiro: essa é a cena que toma conta das ruas do residencial Alice Barbosa, em Goiânia.

Moradores do bairro denunciam que uma equipe da Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) esteve no local no último sábado (18/11) pela manhã, retirou as sacolas de lixo das lixeiras e empilhou na rua, mas o caminhão não voltou para fazer a coleta.

“Se eles não vão recolher o lixo, porque eles tiram das lixeiras? Obrigam todo mundo a ter sua lixeira, o morador faz a sua parte, mas o lixo fica amontoado na rua. Essa situação já rotineira por aqui”, questiona um morador.

Segundo os moradores do bairro, mesmo quando a coleta é feita, o serviço não tem qualidade. “É uma nojeira. Os cachorros e gatos rasgam as sacolas e espalham o lixo nas ruas. Quando a Comurg vem, eles só recolhem os sacos inteiros. As sacolas rasgadas e cheias de lixo que estão na porta das casas eles deixam aqui”.

Jornal Opção entrou em contato com a Comurg mas até a publicação desta matéria não obtivemos resposta.

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.