Para oferecer espaços com estrutura adequada para integração e lazer, o prefeito de Anápolis, Roberto Naves, assinou nesta sexta-feira, 24, duas ordens de serviço para dar início às obras de construção de duas estações do esporte: uma no distrito de Souzânia e outra no Bairro Jibran El Hadj. Ao todo, nestas obras do Anápolis Investe, serão investidos mais de R$ 2 milhões a fim de fomentar a prática esportiva.

A transformação social por meio de projetos de lazer é apenas um dos objetivos que a Prefeitura de Anápolis almeja com as arenas. “Anápolis Investe é isso: obra pelos quatro cantos da cidade em todos os setores da Prefeitura, na educação, no esporte, na cultura, asfalto onde não tem asfalto, mais hospitais, mais vagas de creche, mais vagas de educação”, frisou o prefeito.

Cada local possui um planejamento para atender a população de maneiras diferentes. Sendo assim, a praça, localizada no distrito de Souzânia, contará com uma área de 11.191,30 metros quadrados. A infraestrutura terá um playground, academia ao ar livre com equipamentos destinados à terceira idade, campo de futebol society com grama sintética, arquibancadas, área de convivência e uma grande área verde.

“O Anápolis Investe tem levado benefícios para toda a população anapolina e os distritos têm sido prioridade. Reforçamos que o esporte e lazer também são uma prioridade dessa gestão, e as políticas públicas voltadas às práticas esportivas estão sendo fortalecidas através dessa ordem de serviço”, disse a secretária de Integração, Eerizania Freitas.

A outra praça recreativa, que fica localizada no Bairro Jibran El Hadj, conta com um espaço de 4.823,60 metros quadrados. Neste local, será construída um campo de futebol society em grama sintética e arquibancada, estacionamentos, abertura de via pública, áreas de convivência, playground e academia.

“Essas obras mostram o cuidado e preocupação da atual gestão com o incentivo ao esporte e lazer, ampliando a oferta de espaços públicos para o uso da população. Isso era o que faltava para promover mais qualidade de vida para essas regiões”, concluiu o secretário de Obras, Meio Ambiente e Serviços Urbanos, Albenzio Vento.